Notícias e Novidades

Comprar uma casa: 5 jeitos de adquirir um imóvel

Comprar uma casa: 5 jeitos de adquirir um imóvel

A ideia de comprar uma casa faz parte da lista de sonhos de muitos brasileiros. Afinal, quem não deseja ter um imóvel para chamar de seu?

A realização desse sonho é possível e viável. Para isso, basta que você escolha qual a melhor forma, onde deseja morar e quanto está disposto(a) a pagar.

Opções disponíveis para comprar uma casa

Atualmente, é possível adquirir um imóvel por diferentes meios como à vista, financiamento, compra na planta, consórcio e investindo no Fundo Imobiliário.

Cada meio tem suas próprias regras que precisam ser conhecidas para que você escolha a melhor para a sua realidade.

1 - Comprar casa à vista

Sabemos que a compra à vista de uma casa é uma realidade que poucos conseguem alcançar, pois exige já ter o valor total do imóvel, que depende do padrão da casa, quantidade de cômodos, tamanho do terreno, localização etc.

Em média, uma casa custa entre R$200 mil a R$5 milhões, podendo atingir valores maiores para imóveis de alto padrão em regiões nobres.

Como comprar uma casa à vista?

 Se seu padrão de vida permite a compra à vista, essa é a melhor opção. A quem ainda não tem o valor total para pagar nessa modalidade, vale a pena definir:

  • Quanto custa o imóvel que deseja?
  • Quais despesas extras pagará (documentação, condomínio etc.)?
  • Onde deseja morar?
  • Quanto precisa poupar e por quanto tempo?

Lembre-se que seu patrimônio não deve comprometer mais de 30% da sua renda e você precisa ter sempre reservas de emergência, bem como outros investimentos que contribuam para proteger a sua riqueza.

2 - Financiamento de imóveis

Já comentamos como funciona um financiamento de imóveis em nosso artigo: Como financiar um imóvel: Tudo que você precisa saber antes da compra, mas sempre vale a pena lembrar de duas características importantes dessa modalidade.

  • Financiamento é investimento em longo prazo (até 30 anos).
  • Há cobrança de juros anuais.

Se escolher financiar sua casa, pesquise muito bem em qual banco deseja realizar o pedido, calcular as taxas de juros e como irá pagar as parcelas.

Dica: Faça uma simulação antes.

3 – Comprar um imóvel na planta

O jeito mais simples de entender como essa modalidade funciona é a dividindo em duas partes:

1ª Você vai pagar a construtora.

2ª Depois do imóvel pronto, você começa a pagar um financiamento com o banco.

Riscos do imóvel na planta

Você pode comprar sua casa enquanto está na planta, mas precisa escolher a dedo a sua construtora, pois, infelizmente, há muitos golpes que acontecem e você só perderia dinheiro.

O ideal é ter alguém que possa te indicar com quem pode fechar o negócio, pesquisar reputação, se já houve atrasos etc.

4 - Consórcio

O consórcio de imóveis funciona como se fosse um “financiamento coletivo” porque você escolhe uma cota que pagará mensalmente dentro de um grupo de pessoas que também têm interesse em um imóvel com a mesma faixa de preço.

Periodicamente, acontece um sorteio em que um dos cotistas recebe a carta de crédito para utilizar a compra do imóvel.

Tanto quem já foi contemplado quanto quem ainda não foi precisa pagar todas as parcelas dentro do período escolhido (média de 200 meses).

Confira tudo sobre o consórcio em: Como funciona um consórcio imobiliário

5 - Fundo de Investimento Imobiliário

Os Fundos de Investimentos Imobiliários são investimentos que você pode fazer com o intuito de obter lucros durante o período de participação.

Na prática, essa opção entra em seu planejamento para aquisição de um imóvel, pois irá usar o rendimento do Fundo Imobiliário para investir, futuramente, em sua casa própria.

Analise qual é a melhor opção para você e invista com cautela.

Voltar para a página anterior